quarta-feira, 13 de maio de 2009

Dentes Cerrados


Chega uma hora da sua vida em que você cansa de errar. Cansa de escolher o caminho errado sempre, a pessoa errada sempre, mesmo que a sua inclinação para esses erros continue a mesma.
Chega uma hora em que você cansa de sentir dor, porque a dor que você sentiu ao longo da sua vida até aqui parece que é o suficiente para preencher não só a sua vida, como a de todos os outros que te cercam e isso te basta imensamente. Você quer se ver livre dessas crises que você tem e quer isso logo, quer poder colocar óculos escuros e ver o verde brilhante das árvores no meio da cidade debaixo do sol, e pensa no quanto isso vai ser incrível, ao mesmo tempo em que volta a sentir todos os hematomas da tua alma reclamando mais uma vez. E você pensa no fato de não sentir mais nada por ninguém e se interessa por isso, porque dessa forma as dores seriam reduzidas consideravelmente. Essas dores infernais são feitas basicamente de sentir errado, de acreditar fiel e insistentemente em uma coisa que não vai funcionar, que não tem um pingo de futuro e mesmo assim toca uma música tão atraente e sedutora que você não consegue parar de dar ouvidos.
E daí você também começa a desenvolver um tipo de raiva pelos que te cercam e pelos que te querem bem, porque eles, apesar de quererem te ver feliz, não entendem absolutamente nada do que você sente e querem a todo custo te convencer que as coisas que você quer te causam sofrimento, sem nem mesmo perguntar se você quer esse sofrimento. Porque isso acontece. As vezes o que você mais deseja é agarrar tudo o que você quer tão forte e tão possessivamente que você nem pensa nos machucados e no sofrimento que isso vai te causar. Apenas quer e pronto, ninguém tem que ter nada a ver com isso, mesmo que o que você esteja agarrando seja um cacto ou um conjunto de facas afiadas.
Chega a hora que você cansa de andar errado, de pisar torto e de apertar lâminas nas mãos, chega o momento em que você deseja mudança desesperadamente e clama por ela, e grita e se debate contra qualquer coisa que for oposta a isso.
Você deseja tanto por ver as coisas mudando e seguindo o fluxo do qual nunca deveriam ter fugido que se dispõe até a esconder todas as coisas podres que foi criando e acumulando dentro de si e pisa forte no chão, apertando os dentes com a mesma força que vai demonstrar ao mundo e a você mesmo a partir daquele momento. E é isso que você faz, é isso que você segue, é assim que vai ser daqui por diante.

30 comentários:

Mari disse...

Eu me sinto tão assim as vezes. Mas se tem uma coisa que eu aprendi, é que nada vai se resolver por fechar o coração. Coisas ruins acontecem o tempo todo, mas também acontecem as boas, mesmo que no sofrimento as vezes não nos lembremos delas. Mas essas coisas o tempo cura.
Vale muito mais a pena ter uma hora de felicidade e uma semana de tristezas do que viver na indiferença!

Beijinhos

Thalita Prates,15 disse...

"E daí você também começa a desenvolver um tipo de raiva pelos que te cercam e pelos que te querem bem, porque eles, apesar de quererem te ver feliz, não entendem absolutamente nada do que você sente e querem a todo custo te convencer que as coisas que você quer te causam sofrimento, sem nem mesmo perguntar se você quer esse sofrimento."

é exatamente assim que eu estou me sentindo , como se niguem me entendesse , não quero ouvir mais ninguem porque sei que eles não vão falar o que eu preciso !

seu blog tacada vez mais lindo aninha .
bjinhoos flô!

Marcela disse...

Ai Aninha ;~ Acho que me identifiquei com você. Em alguns momentos da minha vida, parece que tudo e todos estavam combinando para que as coisas dessem sempre errado. Quando meus problemas aparecem, por incrível que pareça, eles despencam todos de uma vez. Meus amigos me aconselham, sim. Mas meus sentimentos não podem ser arrancados de mim com tanta determinação assim. Por mais que eu sofra, eu continuo amando. Porque quando eu amo, eu amo de verdade. Por mais irracional que pareça, por mais verdades que me falem, eu continuo amando. Continuo sofrendo. Mas eu aprendi que sofrer também faz parte, que sofrimentos não viriam à tona. Que sofrimentos só caem em cima de quem é forte o suficiente para encará-los com sabedoria e cabeça erguida. Aprendi que essa vida nos ensina coisas maravilhosas, e que tudo tem seu tempo! Tudo vai ficar bem, você vai ver. Eu, pelo menos, me sinto quilos mais leve quando escrevo. Você com certeza deve ter se sentido melhor depois de escrever isso. As tristezas da vida nos ensinam grandes lições *-* Um beijão Aninha, adoro aqui :*

Aline disse...

Todo mundo passa por maus momentos, são eles que nos fortalecem. O bom é que tudo passa...

Youko Watanabe disse...

Oie, tu conseguiu descrever o que ando sentindo ultimamente, mas eu nao sei o que fazer, me sinto cercada pelo errado e pelo certo, sem saber o que fazer.

Beeeijos, otimo post ^^

Patrícia disse...

às vezes, é necessário andar pisando em brasas.

Taiina* disse...

Incrivel como você conseguiu definir no texto exatamente o que eu sinto! Saco cheio de, por mais que eu tente, as coisas sempre sairem do controle!

O jeito é acreditar que pelo menos pra uma coisa tantos erros há de servir, pra um dia a gnt aprender, mesmo que nao seja hoje!

Adorei o post =)

beijoo

Bianca disse...

Se fechar para os momentos ruins é o maior erro, eles só acontecem para nos alertar que somos BEM maiores que eles.
Seja feliz!

Beijos

Marina Guido disse...

Adoro, modeluda, adoro sempre vir aki!

esse texto se encaixou ao q estou vivendo, depois vc passa no meu blog e lê o texto "o poder da descoberta".

BjO!

:)

Sofih disse...

A gente gosta as vezes das pessoas erradas e isso machuca taaanto.
Gostaria de escolher as pessoas certas... =/

Bjoos

maisriana disse...

Acho que a pior parte é quando você sabe que algo não te faz bem e mesmo assim insiste em continuar ali, agarrada a ele. As pessoas ao seu redor te veem sofrer, sabem que você pode ser mais feliz (você também sabe), mas nem elas e nem você podem fazer muita coisa. Dói.

Elton... disse...

Isso mesmo, mas ninguém escapa do passado, ele retorna, e quando isso acontece você sente a alfinetada no fundo da alma...
Postagem sensacional...

Max Psycho disse...

sempre é bom seguir com cuidado, porém nunca desanimar, bjus gata

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Desejo puro - Ela!

-----------------

Acho que depois de tanto que se aperta as lâminas, os cactos, chega uma hora em que não se sente mais nada. Daí, sim, pode-se começar a pensar em mudar alguma coisa. Até lá, não há alma nobre, com suas "filosofias" de que isso não tá certo, que dê jeito... sei lá!

Bom Domingo!

Jota Cê

-

Pirulito que Bate-Bate disse...

Oie!

Tudo bem às vezes agente ficar triste por alguma coisa, mas ser sempre assim não dá. Agente tem que ser feliz, agradecer pelas coisas que tem. Temos que nos focar mais nas coisas boas, às pessoas se pegam muito no que é ruim. Mas eu acho que ás vezes agente tenta, tenta e aquela tristeza não sai.

Beijos.

Polly disse...

Nossa, que intenso. Já me senti assim há 2 anos atrás. É um momento difícil, mas dá pra superar.

(www.pollyok2.zip.net)

Leandro Lima disse...

Nossa isso me lembra a conversa que tive com minha ex- no telefone pouco antes de entrar no seu blog...
A vida é rápida de mais para sofrermos, nada vale essa tristeza.

http://leandrovdl.blogspot.com/
http://chacotaonline.blogspot.com/

T i e l l y*** disse...

as vezes ninguem nos entende...
mas nesse texto querida.. me senti como se o pc fosse um espelho e teu texto refletisse o que eu sinto!
Maraaa!
vlw pela visitinha no meu blog..
bjao!

Késia Maximiano disse...

Tudo é transitório, e nada continua sem respostas por muito tempo. A verdade é q tudo flui como tem q ser, e o q vale a pena é entender esse fluxo, e se colocar diante dele: ou pra seguir seu trajeto, ou pra impedi-lo!


No mais, tudo se resolve, querida!

Beijo grande

Andréia disse...

me vi em cada linha... estranho!! e e achando que só eu passava por tudo isso

N. Mylonas disse...

Eu tb ando assim... cansada...

Beiijos

Milena Sayuri. disse...

Sim! Eu estou clamando por mudança, e desesperadamente!
Você descreveu toda a minha vida. Tem horas que a gente cansa de absolutamente tudo e sente vontade de jamais existir novamente. Apenas evaporar.
Tentar dar mais valor a coisa pequenas, pra mim, é a chave (isso faz sentido?)
Beijos.

Princesa Moderna disse...

é isso o que sinto...
você conseguiu transpor todos os sentimentos possíveis que sinto em palavras, Obrigada! beijos

Amandiinha disse...

Hashusuhauhs, que bom que gostou amiigaa ! :)
O vestiido é muito lindo mesmo, e na verdade se eu soubesse onde vende um desses, eu comprava um pra mim e outro pra você, :D
maiis não sei onde tem pra vender =/
Beijoo

Lélla disse...

OIi adorei tudo aq !!! to retornando ao blog d' novo depois de um tempinho fora ! visite la espero que curta !! Fica com Deus ^^ è acabei de passar um momento como este ^^ !!

Bill Falcão disse...

Tem fases que é assim mesmo, Aninha! A gente quer alguma mudança, qualquer uma, mesmo que, depois, se mostre errada!
Bjooooooooooo!!!!!!!!!!!!!

Bianca disse...

Aniinha, atualize isso! Tô esperando pela sua atualização :))

Beijos querida.

Fernando disse...

Olá aninha
é mt dificil escolher sempre errado, sempre, dá vontade de jogar tudo para om alto e mudar toda nossa vida, todo destino e cansa cansa quanto mais os erros se multiplicam pq na verdade nunca sabemos onde cada caminho nosso vai dar, por isso errar sempre será possivel.
gde abrssssss
bjsss
fernu...7

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

信用代款 disse...

銀行貸款,
信用貸款,
房屋貸款,
二胎房貸,
汽車貸款,
企業貸款,
民間二胎三胎,
借款2胎3胎,
私人設定土建融,
銀行代償,
企金週轉金,
機械貸款,
工程貸款,
押標金,
卡債卡奴,
創業貸款 ,
青年創業貸款,
債務協商,
工商融資,
中古車貸款,
小額信用貸款 ,
銀拍屋法拍代墊款,
簡易貸款,
LC代墊工程合約貸款,
信用卡貸款,
攤販貸款,
頭家貸款,